Por que você não deve usar descongestionante nasal (neosoro, afrin, aturgyl...)

Você conhece os perigos do uso dos descongestionantes nasais?


Eles são conhecidos popularmente como sorine, neosoro, afrin...entre outros.



Os descongestionantes nasais são remédios que contraem os vasos do nariz e com isso diminuem o seu inchaço, fazendo com que você respire melhor. Eles são usados para o alívio da obstrução nasal que é muito comum em quadros como resfriado, rinite, desvio de septo nasal, hipertrofia de adenoide...


O seu uso deve ser de no máximo 3 a 5 dias para evitar o aparecimento do efeito rebote e a possibilidade de desencadear rinite medicamentosa.


O efeito rebote acontece quando, após passar o efeito do descongestionante, a obstrução do nariz volta ainda pior, fazendo com que seja preciso cada vez doses maiores e mais frequentes do descongestionante, a ponto de a pessoa precisar ter um frasco do medicamento sempre à mão para poder respirar melhor.


Além disso, o uso contínuo faz com que parte do medicamento seja absorvido e caia na corrente sanguinea, podendo causar pressão alta, arritmias cardíacas, taquicardia, trombose, AVCs


Agora que você conhece as complicações do uso a longo prazo dos descongestionantes nasal, já sabe o motivo de você não usa-lo mais diariamente! Procure avaliação para fazer o tratamento correto da sua obstrução nasal.


Dra Barbara Sisnando - Otorrinolaringologista

Consultório nos bairros de Botafogo e Tijuca, Rio de Janeiro

Consultas e exames - Convênio e particular

Convênios:

Allianz

Amil

Assefaz

BNDES

Banco Central

Bradesco

Cac

Camarj

Camperj

Cassi

CVRD

Dix

Embratel

Engepron

FioPrev

Funcef

Gama

Golden Cross

Ipalerj

Medial

Mediservice

Mútua

Nuclep

Omint

Petrobras Petróleo

Porto Seguro

Postal Saúde

Real Grandeza

Silvestre Saúde

Sulamérica

Unafisco

240 visualizações0 comentário