Porque usar cotonete faz mal aos ouvidos

Atualizado: 28 de mai. de 2020

Você tem dúvida sobre como deve limpar os ouvidos? Tem o hábito de limpar o ouvido com cotonete? Ao final desse texto você vai se convencer a parar de fazer isso. O cerumen, ou cera, é uma substância que tem a função de lubrificar o conduto auditivo externo, proteger contra a entrada de insetos e impurezas. Ela é produzida e se localiza nos dois terços externos do conduto auditivo, sendo expelida naturalmente por um mecanismo de auto-limpeza: ela vai se movimentando para fora do conduto, com ajuda do movimento da mandíbula quando mastigamos.

Quando o cotonete é utilizado ele atrapalha esse mecanismo de auto-limpeza: a cera é empurrada para dentro do conduto, podendo causar sua obstrução e comprometer a audição, gerar zumbido e até mesmo dor e inflamação, caso haja alguma lesão do conduto ou perfuração da membrana timpânica pelo cotonete. Nenhum objeto deve ser colocado dentro do ouvido, não somente o cotonete mas também grampos, tampa de caneta, palito de fósforo...   Algumas pessoas podem acumular cerumen dentro do canal auditivo por uma falha do mecanismo de auto-limpeza, sendo necessário nesses casos procurar um otorrinolaringologista para correto diagnóstico e remoção desse excesso de cerumen. A remoção pode ser realizada de algumas formas, no consultório mesmo, dependendo da otoscopia, da conformação da cera e se há alguma contra-indicação para algum método. Ela pode ser feita com o auxílio de um instrumento, com a utilização de aspirador ou por meio de lavagem. Esses procedimentos são indolores. A água utilizada na lavagem não fica dentro do ouvido e não causa nenhum dano.


Para quem não tem acúmulo de cerumen, a limpeza da orelha após o banho com a toalha é suficiente. Ter cera no ouvido é normal. Se ela não causa sintomas e não está atrapalhando a audição, não há necessidade de remoção.

Se você tem dúvidas se acumula cera ou se acha que não escuta bem, sente zumbido, dor de ouvido ou outro sintoma, procure o otorrino, mas não utilize cotonete ou outros materiais e nem tente lavar o ouvido com seringa em casa, pois o procedimento não realizado por pessoa habilitada pode causar tontura, lesão do conduto e até rotura da membrana timpânica. 


Dra Barbara Sisnando - Otorrinolaringologista Atendimento nos bairros de Botafogo e Tijuca, Rio de Janeiro Convênios e Particular

Convênios:

Allianz

Amil

Assefaz

BNDES

Banco Central

Bradesco

Cac

Camarj

Camperj

Cassi

CVRD

Dix

Embratel

Engepron

FioPrev

Funcef

Gama

Golden Cross

Ipalerj

Medial

Mediservice

Mútua

Nuclep

Omint

Petrobras Petróleo

Porto Seguro

Postal Saúde

Real Grandeza

Silvestre Saúde

Sulamérica

Unafisco

23 visualizações0 comentário